CONHEÇA A NOSSA HISTÓRIA


 

A história da Pitney Embalagens começou em 1995, quando ainda se chamava Pitney Representações Comerciais Ltda e ocupava uma pequena sala de 30m² para comercializar impressos gráficos, como folders, malas diretas, panfletos, entre outros materiais.

Cinco anos mais tarde, sacolas e caixas de papel passaram a fazer parte do portfólio da Pitney. Devido ao crescimento, foi necessária uma mudança para uma sede maior, com 150m², para realizar a montagem das embalagens.

No ano de 2005, a produção própria se tornou uma realidade. A Pitney Embalagens deixou de ser representante comercial e adquiriu novos equipamentos de impressão e acabamento gráfico com alta tecnologia. Outra mudança significativa nesse período foi o crescimento da sede, que passou a ocupar 500m². Nos anos seguintes, a Pitney Embalagens continuou ganhando reconhecimento no setor gráfico. Em 2008, a empresa participou do 6º Prêmio Paranaense de Excelência Gráfica Oscar Schrape Sobrinho, promovido pela Sigep e Abigraf-PR, e foi premiada na categoria Sacolas.

A sacola da loja Susy Faz Pose, criada pela proprietária dessa empresa, foi impressa pela Pitney Embalagens e se destacou pela qualidade de impressão e acabamento. O julgamento foi realizado por técnicos ligados a empresas fornecedoras da área gráfica, designers e professores acadêmicos das áreas de Design e Artes Gráficas no Paraná. Outros projetos realizados pela Pitney Embalagens também participaram do evento em anos posteriores, sempre se destacando pela qualidade.

Nota-se, portanto, que desde o seu princípio, a Pitney Embalagens tem como foco a qualidade, agilidade, competitividade e pontualidade, por isso ela vem alcançando tantas metas em pouco tempo. A equipe de profissionais é qualificada e sempre pronta para atender às necessidades individuais de seus clientes. Esses itens são certamente essenciais para o projeto gráfico de sua empresa.

Visão:
Ser a melhor e maior indústria gráfica na produção de sacolas e caixas personalizadas de papel em Curitiba e Região Metropolitana até dezembro de 2018.

Missão:
Garantir a satisfação e confiabilidade aos nossos clientes, desenvolvendo e produzindo embalagens que destaquem a marca e valorizem os produtos de nossos clientes.

Valores:
Dedicação, treinamento e valorização dos nossos colaboradores. Ética. Satisfação de nossos clientes. Priorizar um ambiente sadio e respeitoso a toda equipe. Excelência no atendimento ao cliente. Desenvolvimento e responsabilidade sócio-ambiental. Qualidade total nos produtos produzidos.

Está procurando uma gráfica especializada em Embalagens Personalizadas?
Entre em contato com a Pitney – Embalagens Personalizadas.

RECONHECIMENTO!

PITNEY EMBALAGENS GANHA PRÊMIO POR EXCELÊNCIA GRÁFICA

Desde seu princípio, a Pitney Embalagens se sobressaiu dentro do setor gráfico. Em 2008, a empresa participou do 6º Prêmio Paranaense de Excelência Gráfica Oscar Schrape Sobrinho, promovido pela Sigep e Abigraf-PR, para ser premiada na categoria Sacolas.

A sacola da loja Susy Faz Pose, criada pela proprietária dessa empresa, foi impressa pela Pitney Embalagens e se destacou pela qualidade de impressão e acabamento. O julgamento foi realizado por técnicos ligados a empresas fornecedoras da área gráfica, designers e professores acadêmicos das áreas de design e artes gráficas no Paraná.

produto sacola suzy faz pose premio pitney embalagem personalizada

“Na Pitney, sempre priorizamos a qualidade, agilidade, competitividade e pontualidade, por isso ela vem alcançando tantas metas em tão pouco tempo. O prêmio que ganhamos é uma consequência de um trabalho realizado em equipe, que tem como meta o atendimento das necessidades individuais dos nossos clientes”, destaca o proprietário da Pitney Embalagens, John Pitney Veiga.

Outros projetos realizados pela Pitney Embalagens também participaram do evento em anos posteriores, sempre se destacando pela qualidade.

“Nosso foco é continuar dando prioridade para a qualidade e para o acabamento dos materiais que produzimos, a fim de conquistarmos uma fatia ainda maior de mercado”, finaliza Ivan.

 

Prêmio Fernando Pini